quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Com a Palavra

Sempre tive dificuldade de me comunicar usando a palavra. Teve época em que as pessoas falavam comigo e eu respondia só no pensamento. Acreditando estar sendo ouvido e na verdade me mantinha no silêncio absoluto. Constantemente me envolvo em situações de mal entendidos.
Por isso, tento cada vez escrever menos, pois palavras faladas podem até ficar gravadas no pensamento de quem ouve, mas elas se esvaem. Já as escritas ficam registradas, à disposição de quem lê. Não tenho ainda uma boa relação com a palavra.
Essa postagem por exemplo, certamente voltarei outras vezes pra modificar alguma palavra que não caiu bem, uma frase mal construída...
Vejo o talento que a minha amiga escritoratriz Polly Barros tem. Ela escreve de uma forma tão natural, leve e inspirada que parece fazer isso sem nenhum esforço. É um dom que admiro demais!
Com o tempo percebí que posso me expressar/comunicar através das minhas poesias e músicas, da forma como toco piano, do jeito que canto... Isso não basta, mas é um começo.

2 comentários:

Polly disse...

Ai, ai, meu coração bateu tão forte agora.!.. Olha, não acredito nisso q vc disse de não se relacionar bem com as palavras, e as letras belíssimas q vc escreve, meu deus!

Obrigada pela parte q me toca, mas q tô passando uma fase de poucas palavras, ah, tô mesmo... =)

Beijo pra tu, poeta dos sons... e das palavras SIM! E tenho dito!

;)

Ze Manoel disse...

Menina talentosa! =]